quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Algumas versões de Portobello Belle

Aqui estão algumas versões elementais de Portobello Belle.

Para quem ainda não conhece, aqui está uma oportunidade para análise e apreciação das distintas roupagens que o Dire Straits fez para esta canção.

Communique tour 79
Boston 79
http://www.megaupload.com/?d=9BBARMHB

Making Movies tour 81
Wiesbaden 5.5.81
http://www.megaupload.com/?d=5Q861EHV

Love Over Gold tour 82-83
Birmingham 17.12.82
http://www.megaupload.com/?d=WLUA6X2H

Japan 03.04.1983
http://www.megaupload.com/?d=OI0P3C5E

Paris 1983 23.06
http://www.megaupload.com/?d=JC3KBEL2

On Every Street tour 91
Dublin 23.8.91
http://www.megaupload.com/?d=W2R25VHG

Brunno Nunes

4 comentários:

Arthur disse...

Fala Brunno.
Obrigado pelo post!
As minhas versões favoritas sempre são da LOG tour. Nunca tinha ouvido as do MM, achei muito "rock", no meu ponto de vista não combinou com a música. A versão do OES tour, são muito charmosas, se é que você me entende, aliás toda a OES tour é charmosa... grandiosa. Todas as músicas soam "grande".

Feliz ano novo!

Brunno Nunes disse...

Pois é Arthur, o auge desta canção foi sem dúvidas na LOG tour, especialmente no ano de 83, são minhas prediletas também!

As versões dela na MM são num embalo de Solid Rock, aprecio todas versões, mas as da MM tour não são as minhas prediletas, minhas preferidas na ordem segue assim:
Versões:

1-LOG tour
2-Communique tour
3-OES tour
4-MM TOUR

As versões da OES tour são mais lapidadas e charmosas, mais charmosas que essas somente as da LOG tour! ^^

Muito obrigado Arthur, Feliz ano novo pra ti!

Arthur disse...

Obrigado Brunno!
Muita saúde pra todos nós!

Outro ponto interessante, mas fugindo um pouco do post, é a homogeneidade das turnês do DS.

Sempre nas fases de transição da banda, as turnês ficam com uma sonoridade um pouco "confusa". Pra mim especialmente na BIA tour(jajá chego lá).
Durante a MM tour as músicas dos primeiros 2 albums soa bem legal, a influência do Alan Clark casa muito bem com a banda. As versões de 'Down to the Waterline' são sensacionais, a simbiose das músicas durante essa turne são muito bacanas, especialmente porque a gente nota que a MM tour é o "bruto" da LOG tour, que pra mim é perfeita, mantém o timbre de guitarra original do MK com os timbraços de B3 do Alan Clark, e tudo aquilo que a gente gosta da LOG tour.
Aí é que entra a BIA tour. O disco é tão diferente que eu sinto que o setlist das músicas fica um pouco "confuso". É uma quebra muito grande de paradigma (nisso o Mark é especialista), coisa que não acontece muito na OES tour, já que eles tinham as músicas do BIA pra dar uma "charmosada" e se "acharam" com algumas versões bem legais, como Telegraph, Private, Portobello, Setting me Up... enfim.

Falar sobre os Straits é um vício danado. A gente fica ouvindo uma atras da outra e não pára, incrível.

Abraço

Demerivas2 disse...

que maravilha voltar das ferias e ver esse comentario sobre uma das minha preferidas do DS, feliz ano novo a todos.

Dire Straits

Dire Straits
A voz e a guitarra do Dire Straits ao vivo em Cologne, 1979