terça-feira, 3 de janeiro de 2012

2012 com novidades- Telegraph road- SULTANS OF PARIS 1992

Saudações Knopflerianas

O Blog Universo Dire Straits inícia 2012 com o pé direito, trazendo algo inedito para muitos fãs.

Apresento a todos os visitantes uma versão maravilhosa de Telegraph Road, do show em Palais Omnisports De Bercy, Paris, France- 29th April 1992, para análise e apreciação.

Tenham certeza, é algo absolutamente raro, para quem conhece apenas as versões do Basel 92 e Nimes 92 como exemplos dessas canção na OES tour, ai está algo extra em vídeo.



Devo citar que para postar esse vídeo no youtube, eu converti para formato VCD, diminui o tamanho para facilitar a postagem, devido o fato de minha conexão não ser apropriada para downloads ou uploads. Em todo caso... o que vale é (como vcs sabem) a raridade do registro, apreciar um registro desse, observar novos licks, novas passagens que Mark faz no desenrolar do solo dessa canção é algo que para mim, não tem preço!



Uma curiosidade: Este show, é nada mais que o mesmo show que aparece na fotografia da parte traseira da capa On The Night.

Não deixem de conferir e de comentar, se possível!

Arthur, você está "intimado" a fazer suas considerações! ^^

Brunno Nunes.

4 comentários:

Anônimo disse...

Apesar do áudio um pouco prejudicado, um registro fantástico. Não podia ser diferente, a música preferida da minha banda preferida. O destaque ficou por conta "das tomadas" da câmera no Mark, show de bola!

Arthur disse...

Grande Brunno!
Obrigado pela "intimação"!

Realmente como comentamos à pouco, as versões da OES tour são muito charmosas e grandiosas. Todas as músicas soam gigantes. Além de tudo, acredito que esta seja a época da banda com maior interação entre os músicos, visto que antes o destaque era restrito em sua maioria à guitarra do MK. Musicas como 'Private Inv', 'R&J' e claro 'TRoad' demontram bem essa fase da banda. Essa interação deixa a banda bastante relaxada e acaba gerando uma espécie de "plus" quando o homem pega a guitarra. Portanto, uma das minhas turnês favoritas.

Essa versão de Telegraph é incrível! Nem vou falar dela. A música em sí diz tudo. O som da Pensa-Suhr é sempre incrível, gruda nos meus ouvidos. E o visual? realmente uma guitarra inspiradora. Acredito que essa guitarra conseguiu superar a Strato vermelha.

No meu ver, essa é uma das fases de maior 'finesse' do Mark como guitarrista. Um mix do Jazz com o Rock inigualável.

Se deixar escrevo mais um monte!

Abração Brunno!

Renata Christovão Bottino disse...

Muito bom! Adorei! DS forever!

Renata Christovão Bottino disse...

Demais! DS forever!

Dire Straits

Dire Straits
A voz e a guitarra do Dire Straits ao vivo em Cologne, 1979